Mamografia Digital

Mamografia Digital

O câncer de mama é um problema que assombra muitas mulheres. Hoje, pesar de nos depararmos com várias campanhas de prevenção, grande parte ainda não sabe como e por que fazer o autoexame, por exemplo, e exames clínicos periodicamente.
O câncer na mama é um tumor maligno que se desenvolve a partir de alterações genéticas em algum conjunto de células da mama, que passam a se dividir descontroladamente, ocorrendo o crescimento anormal das células mamárias, tanto do ducto mamário quanto dos glóbulos mamários. Os tipos e subtipos de câncer são variados: No geral, o diagnóstico para este câncer leva em conta alguns critérios: se o tumor é ou não invasivo, seu tipo histológico, avaliação imunoistoquímica e seu estádio.
O tumor não invasivo, ou In Situ, é aquele que fica contido num ponto específico da mama, ou seja, que não se espalha. Já o invasivo é quando uma película se rompe e as células contaminadas invadem outros pontos do organismo. Vale ressaltar que, todo in situ tem potencial para ser um tumor invasivo com o tempo.
A avaliação Imunoistoquímica, também chamada de IQH, avalia se aquele tumor tem os chamados receptores hormonais. Esses receptores fazem com que o determinado hormônio seja atraído para o tumor, se ligando ao receptor e fazendo com que essa célula maligna se divida, agravando o câncer de mama.
Já os tipos histológicos é o que determina os subtipos do câncer, de acordo com fatores como a presença ou ausência de receptores hormonais e extensão do tumor. Os tipos mais básicos de câncer de mama são: Carcinoma ducta in situ, Carcinoma ductal invasivo, Carcinoma lobular in situ, Carcinoma lobular invasivo, Carcinoma inflamatório e Doença de Paget. Fases da doença – O câncer de mama é dividido em quatro estágios, conforme a extensão da doença:
• Estagio 0: as células cancerosas ainda estão contidas nos ductos; quase sempre curável
• Estagio 1: tumor com menos de 2 cm, sem acometimento das glândulas linfáticas da axila
• Estagio 3: nódulo com mais de 5 cm que pode alcançar estruturas vizinhas, como músculo e pele, assim como as glândulas linfáticas. Mas ainda não há indício de que o câncer se espalhou pelo corpo
• Estagio 4: tumores de qualquer tamanho com metástases e, geralmente, há comprometimento das glândulas linfáticas. No Brasil cerca de 60 a 70% dos casos são diagnosticado em estagio 3 ou 4.Para diminuir estes números, é necessário o hábito de realizar exames periódicos.
A mamografia é indicada para a primeira abordagem propedêutica de uma anormalidade detectada clinicamente. Exame padrão, recomendado internacionalmente para rastreamento do Câncer de mama e diagnóstico das alterações clínicas da mama. Na mamografia digital, o detector de raios-x transforma a radiação incidente em imagem digital, que é transmitida imediatamente ao computador. Os exames realizados com o mamógrafo digital direto tornam o processo mais ágil, pois já na sala de exames a técnica pode definir se as imagens estão ou não em padrão adequado para a análise.

Deixe um comentário

Nome*

E-mail* (não será publicado)

Website